terça-feira, junho 09, 2009

Os meus dois cêntimos

Isto é muito simples: só concebo a realização de eleições antecipadas nos casos em que a demissão dos corpos sociais ditem o afastamento definitivo dos mesmos, ou pelo menos da sua face mais visível: o Presidente da Direcção. Como exemplo podemos referir o incompetente Manuel Damásio. O que agora vemos, com anunciada recandidatura, é, como diz o Edson, uma atitude prepotente e ditatorial. Argumentos como o da estabilidade são, para mim, conversa de merda. Quem tem medo de gerir/treinar/jogar sobre pressão está a mais no Sport Lisboa e Benfica. Ponto!
Mas não venha agora a oposição armar-se em peixeira do Bolhão. Se lhes servia a demissão em Maio, também tem que servir em Junho. Os prazos estatutários são os mesmos. Se o calor lhes tolda o raciocínio, também estão a mais. Até porque nada vemos. De um lado um ajuntamento mediático em torno do Veiga (responsável por muitos dos vícios que assolam o Benfica de Vieira), do outro um lunático sem projecto, sem lista para os corpos sociais, mas com avião, cartazes do Porto e um mandatário boavisteiro. Tudo feito para assegurar mais um voto em branco deste associado. E sim, é mais fácil desresponsabilizar-me do que aí vem. Até porque a campanha será uma beleza.
Vêm aí dois feriados, uma ponte amavelmente concedida pelos patrões e um fim-de-semana. Não conto folhear um único desportivo! Vou passar por cima dos cadernos dos generalistas e fugir dos debates televisivos e radiofónico. Para este circo nem mais um tostão!

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home