terça-feira, agosto 22, 2006

Benfica na liga milionária

Hoje começo pelo fim. O Nandinho esteve muito bem na conferência de Imprensa. Lúcido, valorizando a prestação dos seus jogadores, mas sem embandeirar em arco. Não hesitou nas respostas e nunca fugiu às perguntas. Sempre curto e directo, convicto. Excelente a forma como aflorou os casos de Karagounis e de Miguelito. Tem toda a razão, meu caro engenheiro: quem, não é feliz estando no Benfica, não faz mesmo falta. E por isso aproveito para fazer a minha habitual ressalva: vergonhosa a forma como trataram o Beto na altura da sua entrada. Foi notório o quanto isso o afectou, já que entrou bem mais retraído do que lhe é habitual. Há muita gente que continua a insistir em ser o próprio inimigo do clube que diz defender.

Quanto ao jogo, ressalve-se a atitude do Benfica. O adversário era fraquinho, logo, o resultado enganador, mas a verdade é que o Benfica pareceu mais 'mandão', no sentido que Nandinho atribui à expressão, e, mesmo abrandano o ritmo, andou sempre à procura de mais golos. Este poderá vir a ser um claro contraste com as épocas anteriores, em que o Benfica previlegiava a gestão do jogo e jogava no erro do adversário. Pormenor táctico interessante, e importante, do jogo de ontem: Petit adiantou-se sempre que Rui Costa optou por pautar o jogo em zonas mais recuadas (algo que não se via desde a co-habitação entre Tiago e Zahovic), evitando que os famosos triângulos que faltavam no 4-4-2 se desarticulassem no meio-campo encarnado. De resto, vimos uma equipa coesa, magistralmente comandada por Rui Costa, onde se destacou a garra de Paulo Jorge. De jogo para jogo vem eliminando a minha reserva inicial. Será, possivelmente, o 12º jogador do plantel. Aguardam-se testes mais sérios, talvez já no domingo.

Duas notas finais...
1. Não poderia haver melhor começo de temporada na Luz. Rui Costa marcou o primeiro golo oficial, em casa, de 2006/2007 e foi emocionante ver a forma como festejou. Euforia genuína, Benfiquismo puro.
2. A baliza norte viu nascer um novo grupo ultra? Os rapazes não levavam faixas mas tinham o cântico bem ensaiado. E diga-se de passagem que o 'Playback' de Carlos Paião parece resultar muito bem no contexto futebolístico.

6 Comments:

Anonymous Anónimo said...

Como sempre uma visão lúcida e coerente da forma como o Benfica jogou.

Um abraço amigo Lud

quarta-feira, agosto 23, 2006 1:59:00 da manhã  
Blogger D'Arcy said...

O Paulo Jorge não engana. Com algum trabalho temos ali um jogador para o futuro. O Manú também esteve bem, só precisa de ter um pouco mais de calma em certas ocasiões. E finalmente voltámos a ver o Nélson que conhecemos e desejamos.

quarta-feira, agosto 23, 2006 12:38:00 da tarde  
Blogger LF said...

Excelente análise.
Concordo em pleno quanto ao Beto.
O Paulo Jorge é que não me parece ter sido assim tão feliz. Gostei muitíssimo mais do Manu.

O novo grupo Ultra é uma cisão dos DV, relacionada com acusações sobre contas e afins. No site dos DV estão comunicados e contra-comunicados que explicam (ou não) a situação.
Seja como for, também gostei do cântico e do empenho do novo grupo (Topo Norte 1904), que estava justamente abaixo do lugar onde fiquei.

Visitem www.vedetadabola.blogspot.com
Já com a análise pormenorizada ao jogo de ontem.

quarta-feira, agosto 23, 2006 3:34:00 da tarde  
Blogger Capitao Sargento said...

Concordo com a tua análise Quetzal. De facto pareceu que fomos melhores taticamente e mais donos do jogo, o adversário também era fraco. Vamos ver como é no domingo!

quarta-feira, agosto 23, 2006 5:45:00 da tarde  
Blogger Renato said...

Benfica qb....

COntinuo a achar q esta num patamar abixo dos outros 2 mas vamos aa ver

quarta-feira, agosto 23, 2006 10:19:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Quem inventou que Beto não é útil nesta equipa?
No dia em que os adeptos devolverem ao Beto o carinho e confiança que o retiraram, aí sim, serei mais benfiquista do que agora.
Solidário com o Beto.Obrigado pelo teu contributo Quetzal, é preciso mobilizar mais blogs.
Beto, Moreto,... têm tanto direito aos aplausos como o Mantorras e o Rui Costa. Está ali para ser apoiado. Força Beto, dias melhores virão. Sou SLB 100%, até apoio o Miguelito que ainda não vestiu a camisola

quinta-feira, agosto 24, 2006 2:32:00 da manhã  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home