sábado, outubro 14, 2006

"O departamento de Rodolfo"

"O departamento médico do Benfica volta a estar no centro das atenções por causa do ‘caso Rui Costa’, que viu uma lesão agravar-se devido a um erro de diagnóstico. Este foi o último de uma longa lista de casos que têm envolvido o corpo clínico da Luz. O Correio Sport foi tentar perceber como funciona o departamento e cruzou depoimentos de diversas fontes ligadas à medicina desportiva e outras do clube. Todos solicitaram o anonimato e todos apontaram para a mesma conclusão: quem manda no departamento médico é Rodolfo Moura."

in 'Correio da Manhã'

3 Comments:

Anonymous Anónimo said...

o Glorioso está infestado de andrades a soldo do porco da costa.

domingo, outubro 15, 2006 2:42:00 da tarde  
Anonymous Pl@ka said...

Os abraços e dedicatórias dos jogadores do Benfica a Rodolfo Moura ao festejar os golos em Leiria... explicaram alguma coisa? Para quem tem dois dedos de testa... explicaram...

segunda-feira, outubro 16, 2006 12:23:00 da tarde  
Blogger Quetzal Guzman said...

Explicaram que o grupo está unido. Ou que Veiga deu ordens para que os capitães tivessem aquela demonstração (nos dois oprimeiros golos, não dei por qualquer dedicatória). Mas não explica tudo o resto. Não explica o que se fala há mais de um ano em vários hospitais do País, não explica o que ganhou o Rodolfo ao enviar jogadores para a Alemanha, não explica a desorganização no interior da estrutura médica do Benfica. Também não explica porque alguns dos jogadores que correram a abraçá-lo optaram por recorrer aos serviços do Gaspra... E não explica por um simples motivo: os jogadores são pagos para jogar a bola. De medicina, perecebem zero. Não está em causa a capacidade de Rodolfo Moura na sua área. Por mim, pode continuar no Benfica, desde que no seu devido lugar (e sem meter cunhas para familiares). Está em causa ocupar, na sombra, um lugar para o qual não está minimamente habilitado.

segunda-feira, outubro 16, 2006 2:22:00 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home