domingo, outubro 01, 2006

Nunca me chateei por trabalhar aos fins-de-semana, desde que isso não implicasse perder um jogo do Benfica. E se esse ocorresse na Catedral, pior ainda. Era caso para ficar com a neura desde a véspera. Tudo isso mudou. O Nandinho mata a paixão clubística ao mais fanático dos adeptos... Foi então com naturalidade que a hora do jogo de hoje se aproximou. Entretanto, o Benfica lá ganhou 4-1. E pasme-se! Conseguiu contornar a adversidade, o que seria de todo impensável. Continuo, contudo, descrente nas possibilidades do Benfica. Apesar do resultado dilatado, apesar da boa entrada em campo (se depois jogámos bem ou mal, não faço ideia. espreitar a televisão de vez em quando não nos deixa ter grande percepção das coisas), as dúvidas relativas à estabilidade e confiança do plantel mantêm-se. Ainda mais depois da revelação feita pelo João Gonçalves no Encarnado e Branco. Para mim, o facto de Quim ter, pela primeira vez, pintado a manta ao fim de três épocas no clube, diz muito da tranquilidade que se viverá dentro daquele balneário.

ps- Excelente o cruzamento de Miguelito no primeiro golo e grande golo marcado pelo Karagounis. Pequenos detalhes que vão alegrando um adepto deprimido.

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home