terça-feira, novembro 10, 2009

Sofrido, justo e saboroso!!

Custa passar hora e meia assim, sentir a ansiedade crescer, a angústia a instalar-se, os cabelos brancos a nascerem, mas a verdade é que nada sabe tão bem como uma vitória ao cair do pano. E melhor sabe quando o golo não cai do céu por mero acaso, antes coroando mais uma exibição de qualidade do Benfica.
Este Benfica dos jogos da Luz é muito forte, como não se via desde os anos 80. Ontem, mais uma vez, podia ter sido meia dúzia. Sentiu-se a falta de Cardozo lá no meio dos centrais adversários - é fácil, pelo estilo de jogo, "bater" no paraguaio, mas é na ausência dele que se comprova a sua mais-valia e ontem, como em Leiria, foi mais uma vez evidente a sua importância - mas, ainda assim, o Benfica fez o suficiente para levar de vencida uma equipa que fez o primeiro remate já dois terços do jogo iam decorridos, já duas bolas lhe haviam beijado a madeira da baliza, já o seu guarda-redes fizera o suficiente para ser considerado duas vezes o melhor em campo.
Assim dá gosto!

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home