quinta-feira, novembro 29, 2007

Não quero a UEFA

Custa escrever isto, mas neste momento não encaro um desaire em Donetsk como algo negativo. Claro que vou acabar por torcer por uma vitória no frio ucraniano, mas a razão diz-me que o Benfica não retirará grandes benefícios com um eventual terceiro lugar no grupo. Importante é concentrar o plantel, com muitos jogadores em fase de amadurecimento, na luta pela Liga.
Confesso-me desiludido. Acordei com relativa indiferença relativamente ao jogo de hoje. As hipóteses de seguir em frente na Liga dos Campeões já eram escassas e, por motivos profissionais, as quartas-feiras até costumam ser impediditivas de deslocações à Luz. Na minha cabeça já era o clássico que mexia e o jogo de hoje até me causava algum incómodo pelo sentimento de indiferença que me suscitava. Acabei por ter a possibilidade de ir ao estádio e, quando os jogadores finalmente perceberam que ganhavam mais em preencher os espaços do que em correr atrás da bola, acreditei mesmo que o Benfica iria finalmente vencer o Milan e entreabrir a porta dos oitavos de final. Talvez por falta de pernas, talvez porque Camacho ficou a meio caminho do acerto nas suas substituições, algo de amargo permanece.

Etiquetas: ,

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home