quarta-feira, maio 02, 2007

Uma vez palhaço, sempre palhaço

"Hoje fomos a melhor equipa."
"No prolongamento fomos os únicos a lutar pela vitória."
"Podíamos ter ganho por 3-0 na primeira mão."
"A ausência do Ricardo foi fundamental. Fomos forçados a recuar o Essien e perdemos força no meio-campo. Sem essa alteração, tudo seria diferente."


É impressão minha ou Mourinho tinha no banco um central chamado Boulahrouz? Um caceteiro da pior espécie que o português teimou em contratar. Não serve? Se Essien foi central é porque Mourinho assim o quis. Duas defesas espantosas de Cech, uma bola na trave e uma ajuda dos senhores que tanto gosta de criticar descrevem um domínio bem superior ao que o Chelsea exercera na primeira mão. E também em Stanford Bridge fora de Cech a melhor intervenção da noite.

Compreende-se o nervosisimo. Mourinho está no limite. Bem pode vir dizer que não se importa de ficar milionário - o que ninguém duvida - , mas ser dispensado nunca fica bem no currículo. Mourinho falhou o principal objectivo definido por Abramovich: vencer a Liga dos Campeões em três épocas. Agora é esperar para ver o que vai dominar o pensamento do russo. Se for coerente, repete o episódio Ranieiri. Se tiver bom senso, segura o treinador que colocou o Chelsea a lutar com Man Utd e Arsenal. Uma coisa é certa: as declarações recentes de Mourinho não ajudam. Um treinador que coloca o seu ego à frente das prioridades do clube - é ridículo vir insinuar que prefere ganhar a Taça de Inglaterra à Liga dos Campões - arrisca-se muito.

4 Comments:

Blogger Renato said...

a lutar com o Arsenal?

em que?

ele colocou foi o Chelsea onde ele nunca teve

e por mim é sempre bem vindo no Inter, alias, qq treinador que se preze tem q treinar em Italia

quarta-feira, maio 02, 2007 4:04:00 da tarde  
Blogger Sir said...

É mesmo uma besta.

Já em Londres o Liverpool, depois de uma entrada mais a medo, dominou por completo a segunda parte. Ontem os Scousers deram festival.

Mais uma vez o ego do Special One sai fuzilado contra o enorme 'Pool :D

quarta-feira, maio 02, 2007 5:42:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Pode vir para o Benfica, o pessoal até paga para lá o ter!!

quinta-feira, maio 03, 2007 10:18:00 da tarde  
Blogger Quetzal Guzman said...

Eu pagava anónimo. Não é por não o suportar como homem (desde as palhaçads que fez no Benfica) que não lhe reconheço mérito.

Renato, não luta agora. Mas quando chegou foi para lutar com Ferguson e Wenger. Ou não era o Arsenal o grande, e único, rival do Man Utd em solo inglês? Parece que o Leeds desceu (ou vai descer) outra vez.

sexta-feira, maio 04, 2007 8:21:00 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home