quarta-feira, novembro 01, 2006

Ridículo !!!

Quando se compara um lance dividido com uma cotovelada, sem bola, seguida de soco, também sem bola, vale a pena discutir? Quando há alusões de carácter xenófobo, vale a pena dar atenção? Que um fanático encartado escreva nas páginas de um jornal que Katsouranis nem toca na bola, é coisa que não espanta. Afinal de contas, ele, tão lesto a acusar Lucílio, continua a considera-se 'roubado' num jogo em que o Geovanni foi atingido com um cotovelo na cara e Fernando Aguiar festejou a vitória com pitons cravados a meio das suas costas. Mas ouvir ontem, na RTP N, alguém que se tomava por sério, lúcido e isento (na medida do possível, pois há sempre uma subjectividade clubística impossível de contornar) afirmar, com todas as letras, que o médio benfiquista lesionou Andersson intencionalmente, não porque tenha entrado a pés juntos, não porque tenha efectuado uma tesousa, mas porque tocou com o joelho (!!!), só pode conduzir a uma valente gargalhada! Haverá outra reacção perante tamanha imbecilidade?

8 Comments:

Blogger Renato said...

realmente o MST desceu ao nivel da Leonor pinhao....uma cronica menos feliz...

mas la que a cambada grega do benfica ja leva um belo CVa sdespachar gajos do FCP tb é verdade

quarta-feira, novembro 01, 2006 9:27:00 da tarde  
Blogger Quetzal Guzman said...

Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

quinta-feira, novembro 02, 2006 4:29:00 da tarde  
Blogger Quetzal Guzman said...

O MST, embora mencionado, não é o visado nesta posta, mas antes o Rui Moreira. Já acrescentei a referência à RTP N.

quinta-feira, novembro 02, 2006 4:43:00 da tarde  
Blogger Edson Arantes do Nascimento said...

Queria o Sousa Tavares ter o nível da Leonor Pinhão.

"Os outros" não gostam dela porque nunca a lêem.

segunda-feira, novembro 06, 2006 3:42:00 da tarde  
Anonymous PAPOILA SALTITANTE said...

O que eles queriam sei eu.
Anderson o Mágico, genial, o miúdo, não vale para a equipa do FCP meio Katsouranis para o Benfica.
O problema deles não é a falta de Anderson, mas sim o que jeito que dá ter Katsouranis.
O que me dá gozo é ver a sucessão de lances bem mais pergisos que se tem seguido no futebo português e internacional, sem qualquer lesão e sem qualquer alarido.
O Barcelona-Chelsea foi um bom exemplo de intencionalidade e maldade, mas ninguém se levanta indignado.

terça-feira, novembro 07, 2006 4:34:00 da tarde  
Blogger Renato said...

entao agora o katsouranis é melhor jogador que o Andersson..tá bem é isso mesmo

sexta-feira, novembro 10, 2006 8:58:00 da tarde  
Blogger Renato said...

não a leem pq a leonor pinhao n sabe mais qu eaquilo..a sra faz mais alguma coisa na vida que escrever disparates na Bola?

sexta-feira, novembro 10, 2006 8:59:00 da tarde  
Blogger Quetzal Guzman said...

Por acaso escreve no Expresso. Uma coluna a meias com o MEC. Não é para todos.

Não me parece que o papoila esteja a comparar a qualidade individual de cada jogador, o que nem seria muito lógico tendo em conta as funções distintas que desempenham. O que ele diz (concorde-se ou não) é que o grego é mais importante para o 11 do Benfica que o brasileiro para o do Porto.

sábado, novembro 11, 2006 2:07:00 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home